Books

Contos Exemplares

Contos Exemplares Best Read || [Sophia de Mello Breyner Andresen] - Contos Exemplares, Contos Exemplares Contos Exemplares o nome de uma colect nea de contos de Sophia de Mello Breyner Andresen O seu nome faz uma refer ncia directa expl cita numa cita o no in cio do livro s Novelas exemplares de Miguel

  • Title: Contos Exemplares
  • Author: Sophia de Mello Breyner Andresen
  • ISBN: 9789722661198
  • Page: 305
  • Format: Paperback

Contos Exemplares Best Read || [Sophia de Mello Breyner Andresen], Contos Exemplares, Sophia de Mello Breyner Andresen, Contos Exemplares Contos Exemplares o nome de uma colect nea de contos de Sophia de Mello Breyner Andresen O seu nome faz uma refer ncia directa expl cita numa cita o no in cio do livro s Novelas exemplares de Miguel de Cervantes lhes dado o nome de exemplares e se virdes bem n o h nenhum do qual n o se possa retirar um exemplo Com um pref cio P rtico de Ant nio FerreirContos Exemplares o nome Contos Exemplares Best Read || [Sophia de Mello Breyner Andresen] - Contos Exemplares, Contos Exemplares Contos Exemplares o nome de uma colect nea de contos de Sophia de Mello Breyner Andresen O seu nome faz uma refer ncia directa expl cita numa cita o no in cio do livro s Novelas exemplares de Miguel

  • Contos Exemplares Best Read || [Sophia de Mello Breyner Andresen]
    305Sophia de Mello Breyner Andresen
Contos Exemplares

About "Sophia de Mello Breyner Andresen"

  1. Sophia de Mello Breyner Andresen

    SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDERSEN nasceu no Porto, a 6 de Novembro de 1919 Entre 1936 e 1939 frequentou o curso de Filologia Cl ssica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, que n o concluiu Foi Presidente da Assembleia Geral da Associa o Portuguesa de Escritores e deputada Assembleia Constituinte 1975 A sua obra reparte se pela fic o e pela poesia, embora seja nesta ltima que a sua inspira o cl ssica d ao seu verso uma dimens o solar e luminosa, que permite ouvir nitidamente a palavra com todo o peso da sua musicalidade limpa, ao encontro do modelo cl ssico Entre as suas obras po ticas contam se Coral 1950 , Mar Novo 1958 , Livro Sexto 1962 , Geografia 1967 , Navega es 1983 , Ilhas 1989 , Musa 1994 e O B zio de C s e Outros Poemas 1997 Em fic o publicou Contos Exemplares 1962 e Hist rias da Terra e do Mar 1983 Da sua literatura infantil destacam se O Rapaz de Bronze 1956 , A Menina do Mar 1958 , A Fada Oriana 1958 , O Cavaleiro da Dinamarca 1964 e A Floresta 1968 Em 1999 lhe atribu do o Pr mio Cam es, pelo conjunto da sua obra, e em 2001 ganha o Pr mio Max Jacob de Poesia Foi condecorada pela Presid ncia da Rep blica com a Gr Cruz da Ordem de Sant Iago da Espada, em 1998 Faleceu em Lisboa, a 2 de Julho de 2004.

132 Comments

  1. Al m de um poema ou outro, com que me cruzei nos meus passeios pela Internet, nunca tinha lido Sophia de Mello Breyner Andresen Nem me ocorria ler Mas, no final da introdu o da Odisseia, Frederico Louren o coloca um excerto de um conto Homero de Sophia que define de modo inultrapass vel a poesia da Odisseia E l foi a desequilibrada comprar os Contos Exemplares O excerto este palavras moduladas como um canto, palavras quase vis veis que ocupavam os espa os do ar com a sua forma, a sua densidade e [...]


  2. Sinto que vou quase escrever uma heresia, mas a verdade que n o gostei muito deste livro E gostei sempre de todos os livros contos que li da autora Estes n o me marcaram de nenhuma forma, nem extra deles grandes li es


  3. Os Contos Exemplares de Sophia s o realmente exemplares um cuidado lingu stico com a escrita a toda a prova conjuntamente com aquela colora o imaginativa caracter stica da autora As hist rias tomam lugar no universo liter rio da escritora, patente em toda a sua obra, s o bem ritmadas e t m cad ncias absolutamente perfeitas.


  4. Os melhores contos da melhor escritora e das maiores mulheres do seculo passado pela sua simplicidade e clareza que vemos o mundo melhor Com provoca es ao poder e aos seus tent culos no mundo, ela consegue p lo abaixo daquilo que importante A alegria, a verdade e a simplicidade.


  5. Este livro revelou se ser quase tudo aquilo que eu esperava que fosse Foi para mim uma leitura maravilhosa pois estes contos s o quase como pequenas obras de arte A escrita, irrepreens vel, marcadamente nica, num estilo que combina simplicidade e beleza de uma forma rara Os textos s o constru dos na sua maioria por frases curtas e simples, mas onde as palavras brincam e se arranjam de uma forma mel dica e po tica Apesar da aparente simplicidade, os temas n o s o de todo simples ou directamente a [...]



  6. Ali parariam Ali haveria tempo para poisar os olhos nas coisas Ali haveria tempo para tocar as coisas Ali poderiam respirar devagar o perfume das roseiras Ali tudo seria demora e presen a Ali haveria sil ncio para escutar o murm rio claro do rio Sil ncio para dizer as graves e puras palavras pesadas de paz e alegria Ali nada faltaria o desejo seria estar ali.


  7. 3.5 Gostei de voltar aos contos tive sempre muito receio de ler contos mas Todas as experi ncias que tive at hoje foram positivas De todos os contos gostei mais do Jantar do Bispo e do Homem Na escola estudei O Retrato de M nica Fiquei um bocado perdida no conto A Praia , n o o entendi muito bem.



  8. OH MY GOSH I loved the way she describes everything, the way she explanes her way of thinking and the way she shares it with us I read almost all of them tonight but I pretty sure I will read this often, I mean they are like a classic I never did liked her that much but after this I m pretty sure I am liking her so much You should read it ASAP


  9. Os melhores contos para adultos, de uma escrita simples e inteira em linha com a obra da autora Um dos meus livros favoritos.



  10. A escrita de Sophia clara Clara , por inspira o, como a dos seus queridos hel nios Estes contos, mais met foras e alegorias, s o acusados por Jo o Gaspar Sim es por isso mesmo, pela sua natureza, por serem abstra es Explica isto o cr tico afirmando que Sophia n o sabe construir personagens Verdade Sophia nem sequer as constr i, constr i, isso sim, sujeitos po ticos at mesmo nos contos, talvez ainda mais nos contos Sim, que estes contos s o poesia, s o comtempla o, s o roubando a designa o a Cann [...]


  11. Interesting book with lovely stories I thought that the first one was a bit too long for it s message, especially when you compare it to all the other contos Nonetheless the writing style is really interesting in all the stories and it a joy to read because of this, and because of the meaning of the stories as well I read this as part of my course Portuguese Language 2 It was hard for me to understand a lot, but not impossible at all.


  12. Sophia Sophia Ela um monumento da literatura portuguesa N o um monumento manuelino, n o Ela escreve a simplicidade com uma mir ade de segredos por debaixo Como o mar que tanto ama E como os puzzles, este livro para um p blico dos 9 aos 99, n o deixem que as ilustra es e o carimbo do plano nacional de leitura os enganem Como que Sophia n o conhecida em Espanha uma coisa que me transcende N o sabemos cuidar dos nossos monumentos.



Leave a Comment